Imagem de pizza

5 curiosidades incríveis sobre a história da pizza

A pizza tem mais de séculos de história. Mas, com certeza, tem muito dela do que as pessoas não sabem! Por isso, a Gi.Metal resolveu preparar essa lista com 5 curiosidades sobre a história desse prato tão delicioso!

1. A primeira pizzaria do mundo ainda está aberta.

Você sabia que  pizzaria mais antiga que se tem registro no mundo é a Antica Pizzeria Port’Alba? Pois é, ela foi aberta em 1738, em Nápoles e está em funcionamento até hoje, quase 300 anos depois! Na época, era apenas uma tenda no reino de Nápoles – a Itália ainda não era um país unificado. Essa, sim, é a verdadeira pizza Napoletana!

 

2. O molho de tomate nem sempre fez parte da pizza

É difícil imaginar uma pizza sem molho de tomate, não é mesmo? O ingrediente é considerado essencial para uma boa pizza, mas, durante muito tempo, esse ingrediente não fazia parte da receita. Foi apenas por volta do século XIX, quando o tomate se popularizou, que ele se tornou parte da pizza.

 

3. A pizza era do povo

A pizza era uma comida popular, ou seja, amplamente consumida pelo povo mais pobre da Itália, principalmente do sul do país. Ela era feita com ingredientes baratos e tinha como objetivo apenas saciar a fome. A maioria da nobreza do país desprezava o alimento por conta disso, dá para acreditar?

 

4. Mas também da rainha

De acordo com a história, no século XIX, a rainha Margherita de Sabóia adorava pizza mesmo sendo uma comida humilde. Dá para entendê-la não é? Foi aí que o pizzaiolo Raffaele Esposito, chamado de pai da pizza moderna, criou um sabor de pizza em homenagem à rainha. As cores foram escolhidas para representar a bandeira italiana, com o verde, vermelho e branco, e a pizza carrega até hoje o nome da rainha.

 

5. A Segunda Guerra Mundial popularizou a pizza

Antes da Segunda Guerra Mundial, a pizza era um prato da culinária italiana que ainda não tinha se popularizado. Ela já era conhecida nos EUA, já que a comunidade de imigrantes italianos era grande, mas a venda e consumo ficavam restritos às comunidades italianas. Com a Guerra, soldados americanos e europeus experimentaram a pizza durante a ocupação em cidades italianas. Com o retorno dos soldados para casa, a pizza se tornou conhecimento geral.